Verde irrefutável

tudo é verde, até deixar de o ser

e quando deixar de ser, só nessa altura se saberá
mas isto já é refutável


3 Comentários

  • Nan

    há uma tonalidade de verde chamada verde-cinza…

    …porque teimamos em não ler os sinais?

  • A.

    Tudo errou,e havia a grande poeira das ruas,e quanto mais
    erravam,mais com aspereza queriam,sem um sorriso.
    Tudo só porque tinham prestado atenção,só porque não estavam
    bastante distraídos.Só porque,de súbito exigentes e duros,
    quiseram ter o que já tinham.Tudo porque quiseram dar um
    nome;porque quiseram ser,eles que eram.
    Foram então aprender que,não se estando distraído,o telefone não
    toca,e é preciso sair de casa para que a carta chegue,e quando o
    telefone finalmente toca,o deserto da espera já cortou os fios.
    Tudo,tudo por não estarem mais distraídos.

    Clarice Lispector
    (A dança dos erros)

  • Snull

    “Escritura musgo

    Verde verde
    Nessa viagem de musgo
    Invadindo o coração da aridez
    Vegeta micro veludos de árvores
    No mundo que escrevo.”

    (Sérgio Mattos)

Deixe um comentário