Tomou-se-lhe um pânico de chão

Um medo irracional de pôr os pés no chão. Andava sempre aos pulos, ao pé-coxinho, por cima de mesas e tábuas.
Acabou por se consumir e desfazer em fumo. Está agora no meio de nós. É deus.


5 Comentários

  • A.

    …tenho uma inveja boa deste
    amor assim.tão vosso.
    ________________________________

    …e pergunto-lhe;

    -Onde andas
    …que não te vejo!?

  • anita

    Bela imagem! Mas as palavras são ainda mais bonitas!

  • Snull

    “NUNCA SUPUS que isto que chamam morte
    Tivesse qualquer espécie de sentido…
    Cada um de nós, aqui aparecido,
    Onde manda a lei certa e falsa sorte,
    Tem só uma demora de passagem
    Entre um comboio e outro , entroncamento
    Chamado o mundo, ou a vida, ou o momento;
    Mas, seja como for, segue a viagem.[…]”
    Fernando Pessoa

Deixe um comentário