Quem é o Jefferson?

Jefferson Airplane
Somebody to love
Jefferson Airplane Somebody to love

Ou o meu gosto está fechado no tempo, ou a década de 65 a 75 foi genial. O resto é paisagem, com uma ou outra flor.


2 Comentários

  • Inconfessável

    Foi genial.
    Woodstock, nunca mais houve nada igual.

    • Luis

      Luis

      O que aconteceu na música e nos ideais nestes 50 anos? Cantores de intervenção já não há. Quanto muito há os deolinda a cantar a triste sina dum licenciado não ser logo um doutor.

      A única coisa que se quer e se fala é versão moderna das putas e vinho verde. Cada um quer saber de si, ter dinheiro para conseguir pôr no facebook uma foto a comer uns camarões nas bermudas ou na charneca da caparica.

      E mesmo a qualidade das letras desconfio que que também não tem nada ver. Más letras sempre houve e há-de haver. Mas pus-me a ler a letras destas duas, principalmente a do coelho, e são boas!
      Os Jefferson Airplane não são do topo dos letristas da época, e fazem-me isto.

      Pode ser que também existam hoje em dia e eu desconheça. Não afirmei nada por causa disso.
      O que sei é que tudo o que vejo e ouço é duma pobreza franciscana, para não dizer mais.
      No entanto, o defeito pode ser meu. Ou nem ser defeito sequer, pode ser feitio. As épocas não são feitas para agradar aos apetites de cada maluco.

Deixe um comentário