Liderar por exemplo


2 Comentários

  • Isabel Pires

    De repente, e por contraste, lembrei-me de imagens de autarcas que no dia das comemorações estavam protegidos com chapéu de chuva porque caíam uns míseros pingos, enquanto depositavam coroas de flores nos monumentos evocativos dos mortos na guerra.

    É fácil abandalhar estes e outros momentos com o discurso do não ser relevante, que o que interessa é sempre outras coisas que não estamos a ver e dizemos serem grandes.
    Pois eu acho que importa saber estar nas diversas situações, também por solidariedade e como exemplo, e sobretudo quando se é figura de estado.

    À parte estes contextos de cerimónia e com protocolo mais rígido, aprecio as ‘pessoas comuns’ que conseguem estar bem ou adequadas a diversas situações. Também representa respeito e ‘plasticidade’.

  • Isabel Pires

    (Estava a referir-me às comemorações dos 100 anos do armistício. Por um qualquer lapso de cabeça, fugiram-me as letras e não escrevi isso. :))

Deixe um comentário