Amor e ódio. Pessoas e betão.

Abrir janelas onde faz falta à gente

Medianeras


9 Comentários

  • Inconfessável

    Opressivo, salvo a cultura do inquilino que, quanto a mim, é uma boa cultura.

  • luis0rodrigues

    Opressivo? Muito. A malta é que já nem nota que as cidades são assim, à conta de séculos de habituação.

    Mas os dois vídeos de baixo dão uma corzinha 🙂 Há sempre quem resista. Há sempre uma flor que nasce onde não foi planeado.

    A cultura do inquilino é boa porquê?

    E obrigado pela visita com tempo. No fb a norma é gostar sem ler nem ver.

    • Inconfessável

      Conheço bem as normas do fb e nunca lhes liguei. Ou tenho tempo para ler ou não há likes para ninguém. Mas contigo é através da blogosfera.
      É melhor ser inquilino do que ser dono. Não se paga EMIs, nem condomínios e as obras também não são à nossa conta. É só vantagens.
      Essa coisa de ser dono de casa própria nasceu por não haver mercado de aluguer de habitação.
      Há sempre quem resista, felizmente.

      • luis0rodrigues

        Pensei que a história do inquilino tivesse a ver com os prédios e os condomínios. Estranhei. Sempre gostava de saber quem foi o primeiro gajo que se lembrou de nos pôr a viver em caixas, empilhados uns em cima dos outros como se fossemos tomates.

  • Inconfessável

    …e a ouvir o que se passa na vida dos vizinhos. os tomates têm mais sorte

    • luis0rodrigues

      quem sou eu para discordar? 🙂

  • luis0rodrigues

    que não sou pessoa de discordar?!?
    😉

Deixe um comentário