A coisa da música

Pressinto a coisa da música. Porque a música tem que ter uma coisa.

A música muda-me. Muda-me por dentro e por fora.

Não sei se a explicação é física, metafisica ou cataclísmica.
Vinha lançado para brincar ás teorias, mas assim que carreguei na primeira tecla, percebi. A música tem uma coisa.

É bonita e faz-me conhecer os deuses.

 

 

 


3 Comentários

  • Inconfessável

    Yes

  • Isabel Pires

    Hoje apanhei o desdobrável dos dias da música do CCB e lembrei-me disto.
    Na capa lê-se “o doce poder da música”. Este título deve-se a Shakespeare, a quem é dedicada a edição deste ano. Lê-se mais à frente que para ele, a música tinha um poder transformador único.

    Talvez a ‘coisa da música’ seja o tal efeito transformador.

Deixar uma resposta