2 comentários sobre “Da importância das coisas e outras coisas

  1. Passei algumas vezes, li e fui embora pensar.

    Coisas importantes?
    A mim acontece-me ir chutando repetidamente coisas para o lado, à medida que vou percebendo que não são imprescindíveis para viver.
    Mas só o que é imprescindível para para viver é que é importante?
    É que naquele exercício de chutar para o lado, há o que não posso chutar, mesmo sabendo que não está associado à saúde e à satisfação de necessidades ligadas à sobrevivência.
    E o que é viver? Talvez importe fazer a pergunta e tentar encontrar a resposta.

Deixar uma resposta