porque é que o Barry White é preto?

Tenho tudo organizado para me poder atormentar com o que não é organizável.

Liberdade é não ter medo. Liberdade é não pensar.

Liberdade é estar só.

O Sartre dizia que o inferno são os outros. Eu digo que a prisão são os outros.

E posso dizer isto porque já não espero nada. Sou livre.

Padrão

8 comentários sobre “porque é que o Barry White é preto?

  1. Já hoje te disse que o medo e a culpa são os piores inimigos da liberdade.
    Vá, mais ou menos estas palavras.
    Estar só também pode ser uma prisão. Caso esse estar só não seja uma escolha e tenha o travo amargo da solidão.

  2. luis0rodrigues disse:

    Pois, quando cheguei ao teu post tinha acabado de publicar isto, e tem um bocado a ver.

    Eu sei, e conheço bem a solidão. Mas no meio dos outros sinto outra forma de forma de prisão.
    Talvez seja eu ou as circunstâncias. Não sei se é possível “ser” livre sem ser nalguns momentos especiais.

    O que tento, é poder escolher as prisões, sem que isso me rale muito. Já não é mau.

    E ir gozando os tais momentos mágicos, claro :)

  3. Eu fui obrigada a interiorizar – e ainda estou a aprender – que só somos livres e felizes, na acepção mais nobre dos conceitos, em momentos especiais. Depois, é como dizes: procurar gozar os momentos mágicos.

    • luis0rodrigues disse:

      Um desafio. Continua o teu comentário tendo em conta a forma como começaste.
      Fui obrigada.

      não aguento e meto a minha achega.
      Já fostes feliz magicamente na maior parte das horas
      Ou a felicidade de nem pensar nisso?

      • A felicidade é um pleno de não dar por isso. Quando se pensa na felicidade, como na liberdade, é porque elas já abalaram ou estão a escorregar-nos das mãos.
        A felicidade é sempre mágica. Portanto, quando fui feliz, fui magicamente feliz.
        Fui obrigada a interiorizar que não se pode ser feliz num contínuo temporal e que os momentos mágicos também estão nas nossas mãos. Tanto no provocá-los como no evitar que escorreguem.

  4. Pode-se ser livre sem estarmos sozinhos. Há aqueles que sabem deixar.nos sê-lo.
    Às vezes, ainda, a prisão está dentro de nós.

    Boa noite, Luís. :)

    • luis0rodrigues disse:

      Tens razão, qualquer prisão está sempre dento de nós. A diferença é que algumas nascem dentro outras fora. E distinguir não é fácil.

      Ser livre acompanhado?
      Antes de argumentar. A que chamas ser livre?

Deixar uma resposta