5 comentários sobre “

    • Luis Rodrigues disse:

      Estive quase para mudar para “Do pior que pode acontecer a uma mulher…”
      E acordar sem saber onde se está, não sei no teu caso, no meu só pode querer dizer ressaca

    • Luis Rodrigues disse:

      Primeiro até escrever ‘O pior’, é a tendência natural, mas alterei rapidamente para do pior. O pior não existe.

      Mas olha que não sei o que será pior. Querer e não poder, ou já nem querer.

      • O pior enquanto tecto das coisas más não existe. O mesmo se aplica ao melhor. Portanto, tens razão por esse lado. Referi-me em termos comparativos. Queria dizer o pior em relação ao que tinhas afirmado.
        E agora introduzes outra questão que pode alterar a interpretação. Mudaste do verbo “saber” para o “querer”.
        Quanto à última frase, de facto parece-me que o “já nem querer” é pior. Apatia, falta de vontade própria e de horizontes, perder o controle, ficar ao nível dos outros animais.

Deixar uma resposta