4 comentários sobre “Fim

  1. »Se é verdade que todos os caminhos são iguais?
    Sim. Pois não te conduzem a lugar nenhum.»

    A trapezista, Rui Costa

    »Não sei por onde vou,
    Não sei para onde vou
    – Sei que não vou por aí!»

    José Régio

    Depois destes senhores, não tenho mais nada a acrescentar.

Deixar uma resposta