13 comentários sobre “

  1. RS. a questão aqui é puramente logistica, de como gerir a coisa. a coisa sendo o sono :)

    Elsa. o manel de oliveira está explicado, o gajo dorme nos filmes dele, nunca mais morre!

  2. caraças, o caraças!

    e é com furor que devíamos ir pelas ruas a dizer caraças, e a ressuscitar naturezas mortas.

    (exemplo de uma oportunidade para dizer caraças quatro vezes :)

  3. naturezas mortas “perdidas” nas ruas? como zombies?!

    só se for nas ruas da amargura e não são naturezas!

    ó caraças, pois se fossem!

    (um caraças meu vale por 5—> sou do norte, carças!)

  4. a) Filmes de zombies em que os zombies são pepinos e alfaces, não deve resultar lá muito bem

    b) Sou adoptado do norte, e sei perfeitamente que não é caraças que se diz quando se quer dizer :)

    c) Gostei do furor! e das carcaças :D

Deixar uma resposta