Brinda-se aos amores com o vinho da casa

Sei da inutilidade de ‘partilhar’ vídeos. Como se espetando um link numa página da internet alguém pode-se sentir o que estamos a sentir.
Mas este pequeno momento de ilusão alivia-me, por isso permito-me.

E num ímpeto de normalidade, desejo a quem o veja, um bom (primeiro dia do) ano de 2013.

Padrão

3 comentários sobre “Brinda-se aos amores com o vinho da casa

  1. Devias vender sabedoria engarrafada.
    Esta é sem dúvida nenhuma a minha música de hoje. Não dá para estar mais tempo em ontem. Que venha o resto, com pedras e pinturas e cadeiras e cadinhos de céu, com pés e sem pés, digo, com sapatos e sem eles. :D

    Eu ouvi mesmo a música.

  2. Apesar de estar viajando parei um pouco para me distrair e encontrei seu lindo blog. Que alegria ver tantas flores neste jardim de pensamentos e desvarios, parabéns!

    Quando eu chegar no meu porto volto a ti visitar, combinado?

    Feliz 2013!

    Beijos

Deixar uma resposta