Estive a ver um documentário sobre os Joy Division onde os gajos da banda dizem que nunca prestaram muita atenção às letras que o Ian Curtis escrevia e cantava. Um diz que só anos mais tarde quando as viu publicadas é que pensou “Meu deus, era isto que ele cantava?”.
Como se pode estar tão distante de alguém tão próximo? Pode. É fácil.

‘Mother I tried please believe me,
I’m doing the best that I can.
I’m ashamed of the things I’ve been put through,
I’m ashamed of the person I am.

Isolation, isolation, isolation’

Padrão

Deixar uma resposta