sei que não devia

primeiro porque não, segundo porque ainda não é hoje que vou pôr a tal gaja toda ao deus dará. Fica para amanhã.

portanto como ia dizendo, sei que não devia mas pus-me a ler o público. pensavam que tinha feito o quê? que me tinha deitado com três matronas de grandes seios e apetite selvagem numa maratona escaldante de sexo e óleo? ó pá, tá calor né? (apesar de gostar de sentir o suor das peles)

Voltando ao publico. Só na ultima pagina de trás para a frente:

1.
Acham mal e perigoso para os bancos, o aumento do limite de idade do crédito à habitação até aos 80 anos. De facto é perigoso. Aos 78 anos o gajo morre e deixa uma divida de 5 mil euros. O banco executa a hipoteca vende a casa por 100 mil e fica muito chateado. Pois. Vida de banco é difícil!

2.
Depois é o ajemalnãoseiquêhad. O gajo que acho que manda lá no irão. Fez uns testes com uns misseis que podem chegar a Israel. É um provocador e um louco. Está mesmo a pedi-las dizem os amaricanos. Eles nem têm razão para se armarem. Está bem que lhes invadiram o vizinho de cima (Iraque) e o vizinho de baixo (Afeganistão). E que puseram lá uns fantoches e não sei quantos exércitos e tanques e aviões e bolinhas de sabão e não sei que mais. E que dizem que lhes querem fazer o mesmo. Mas é preciso ter calma. Pelo menos enquanto não sentirem a corda à volta do pescoço.

A semana passada Israel fez exercícios militares mesmo na fronteira do Irão em que simulavam bombardeamentos à exacta distância das centrais que eles andam mortinhos por bombardear. Mas não há nenhuma alma caridosa que resolva o problema que tenho com as virgulas? E alguém me explica devagarinho porque é que é os dois casos são diferentes? ahhh! porque uns são os bons e ou outros os maus. Pois. Burro.

3.
A seguir vem o sócrates. Só cá faltava. E também me falta perceber que merda de sindicatos é que a gente tem. Dantes a inflação num ano era 3 por cento e no ano seguinte os aumentos eram de 3 por cento para manter o poder de compra. Parecia-me bem.
Um belo dia alguém engoliu esta treta que ainda hoje se mantém. O governo diz que no próximo ano a inflação vai ser 3 por cento e os aumentos portanto devem ser 3 por cento. E os toninhos dos sindicatos concordam. É evidente que as previsões se relevam estupidamente optimistas e a inflação foi de facto 5 por cento. O mexilhão fica a perder 2 por cento. Pensariam, no ano seguinte corrigem. Não. No ano seguinte a história repete-se. Ah e tal pelas nossa previsões desta vez é que é, a inflação vai ser 2 por cento. Pimbas 2 por cento de aumento. Pois.

4.
Segundo parece há um chinês qualquer que quando vê um cartaz lhe saltam 10 mil flores vermelhas aos olhos. Diz que é um pesadelo. Nisto até acredito. Pois.

Padrão

Um comentário sobre “sei que não devia

Deixar uma resposta