3 comentários sobre “não há nada que não nos alimente

  1. Ninguém se alimenta só pela boca. Também nos alimentamos pelos olhos, pelo coração, pelos ouvidos. E estás correctíssimo quando dizes que não há nada que não nos alimente, tudo nos alimenta, tudo deixa a sua marca, nem que seja uma marca temporária.

  2. Sabes qual o meu alimento favorito? Sonhos!* Mostram-me caminhos e empurram-me para a frente.* não, não estou a falar dos sonhos que se servem no Natal – bolas de massa gordurenta polvilhadas com açúcar e canela. Se bem que um dessea agora não caía nada mal :-P

Deixar uma resposta