19 comentários sobre “gosto do negrume

  1. haydée, útil é ter uma chave de fendas em casa :-)
    o amor não se fez para ser útil. não deve. não pode.

    curse, o amor nasce sempre connosco. com todos. apenas às vezes não o vemos bem.

  2. * disse:

    ía-te fazer a mesma pergunta. gostei da resposta. todas as respostas são perfeitas se entrarmos na perspectivas certas. não queres falar agora da útil arte de amar? és capaz, tão capaz, não és?

  3. cereja, por acaso até me está mesmo a apetecer umas cerejas. fresquinhas. :-)

    *, em vez disso dou mais uns argumentos a favor da inutilidade. ;-) tipo quando se diz é inútil, deixa ir, já não há nada a fazer. como que isso tem de abandono, de inevitável. é assim que gosto do amor. o amor que se abandona. o amor inevitável.

    ó verdades eu aqui a arrebanhar resmas de argumentos e tu a desdizer-me? ai que temos que nos zangar! :-))

Deixar uma resposta