9 comentários sobre “à beira do mar

  1. o mar, as ondas. são sempre associados a algo de bomse repararmos a coisa até é repetitiva… mas não é.a cada vaga segue sempre outra vaga, o que nos dá um sentimento de segurança: o mar nunca acaba.mas cada vaga nunca é igual à anterior, nem à próxima: não nos aborrece.o mar é tudo. é nada e é sempre. o que é uma coisa que dá sempre jeito, porque não a temos lá em casa no armário, ao lado do frasco da farinha.

Deixar uma resposta