2 comentários sobre “

  1. São as almas, a língua pele. São os corações, são todos os sentidos, todos!
    E ainda que os olhos estejam abertos, é ter o outro no fundo dos olhos.

  2. “O GRANDE sol na eira
    Talvez seja o remédio…
    Não quero quem me queria,
    Amarem-me faz tédio.
    Baste-me o beijo intacto
    Que a luz dá a luzir
    E o amor alheio e abstrato
    De campos a florir.

    O resto é gente e alma:
    Complica, fala, vê.
    Tira-me o sonho e a calma
    E nunca é o que é.”

    (Fernando Pessoa)

Deixar uma resposta