Leituras da proteste

As bolas do mundial são da Adidas, e como de costume fabricadas longe, bem longe dos escritórios alcatifados dos senhores executivos da Adidas.

Mas ficamos a saber que na sua fabricação foram eliminadas “práticas socialmente inaceitáveis”. Ai este linguajar politicamente correcto… O que serão as práticas socialmente inaceitáveis? Criadinhas francesas com ligas e avental?

É-nos dito também, que graças a eles (Adidas) os salários são agora mais altos. Ora se foram os salários baixos que os levaram para lá, o que acontecerá se os salários subirem mesmo? Calculo…

Lá para o final da revista ficamos a saber que a comida chinesa está cheia de gordura e glumatatos. Gordos de Portugal, abstenham-se!

Padrão

Um comentário sobre “Leituras da proteste

Deixar uma resposta