Um comentário sobre “Para onde foi o ar? Para onde foi o chão?

  1. A. disse:

    “(respiro…)

    … ser “completamente”, Ser, Amar, Dás de dentro de ti e não te importas, está tudo bem, não estás preocupado com o que vão pensar e por isso só podem pensar bem de ti. Deste o que tinhas e deste tudo. Pudeste dar tudo. Pudeste dar tudo…
    (respiro…)

    Não é fácil, não é directo, não é simples…dá muito trabalho, as pessoas não querem ser amadas, querem ser “amadas” querem ser transparentes sem se deixarem ver. Querem que tu descubras o que trazem lá dentro.

    (respiro…)”

    Z.Varanda.

Deixar uma resposta